Pages

sábado, 16 de janeiro de 2010

Aos meus

4 comentários

Queria enfrascar seu cheiro
e fazer uma peruca com as ondas dos seus cabelos
Um gloss com o brilho dos seus olhos
e um tecido com a penugem de seus braços

Queria ter um travesseiro com o formato do seu corpo
E um molde de gesso do seu sorriso enfeitando minha estante
um rímel com os pelos dos seus cílios
Um cd cantado com sua voz

Queria um cobertor simulando a temperatura de sua pele
e um ventilador com o seu ronquinho baixo à noite
queria ler um livro que o personagem fosse você
e assistir uma novela com alguém com seus hábitos

só para eu sorrir mais um pouco...

Queria ter você inteiramente meu
e passar o dia inteiro só te observando
cheirando, moldando, penteando
somatórios simples, deliciando

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Lacuna

1 comentários



O travesseiro vazio ao meu lado
me faz lembrar a sua ausência todas as noites

Sei que em algum momento do dia
vagueio em seus pensamentos
Com a vida bagunçada
não sobraram nem lamentos - (nem nos despedimos)

Mesmo que eu conheça mil pessoas por dia
não encontrarei nada como o brilho dos seus olhos

Olho a casa toda bagunçada e vejo a sua vida alí
o sofá ainda fundo marca o seu lugar
E hoje fiz o seu prato preferido
que desceu como pedras pela garganta

Não vou trocar a fechadura
Nem arrumar a casa
Porque sei que vagueia aqui
Porque sei que vagueio em você